home história locais hospedagem contato




Ca' d'Oro

O Ca 'd'Oro é um dos edifícios mais famosos de Veneza. Está localizado no bairro de Cannaregio e com vista para o Canal Grande. Atualmente funciona como um museu.

Em certo período da história, sua fachada era parcialmente coberta de ouro, daí a origem do nome.  Este acabamento dourado era parte de uma elaborada arte, hoje perdida. Assim como o Palazzo Ducale, o Ca' d'Oro é uma jóia da arquitetura gótica veneziana.

O modo sedutor como o Ca 'd'Oro mergulha suas belas colunas nas águas do Grande Canal confere ainda mais encanto para este lugar.

Ca' d'Oro - fachada
Fachada do Ca' d'Oro para o canal Grande. foto: saragoldsmith/Flickr.com

O Ca' d'Oro impressiona por sua arquitetura elegante, seus mosaicos elaborados e o seu rico passado. O acervo do museu é outro atrativo.

 Ca' d'Oro - escada
Escadaria de Matteo Raverti. foto: Jean-Pierre Dalbéra

Origem e história do Ca' d'Oro

Em 1412 o comerciante veneziano Marino Contarini comprou da família de sua esposa, Soradamor Zeno, uma grande propriedade, que também incluía uma construção tão grande que foi chamada de Domus Magna.

O Ca 'd'Oro derivou da reestruturação deste edifício, iniciada por volta de 1421. O prédio não teve um único arquiteto, mas foi o resultado do trabalho de vários mestres, liderados pelo próprio Marino Contarini.

arsenale - arsenal
A famosa fachada do Ca' d'Oro em um local privilegiado do Grande Canal. foto: M&S Literary Adventures

Entre eles havia Marco d'Amedeo, que provavelmente coordenou os trabalhos, o escultor milanês Matthew Raverti, os venezianos Giovanni e Bartolomeo Bono, o francês Jean Charlier e Zuanne de Franza, todos citados nos documentos de despesas ainda preservados.

Após a morte de Marino Contarini em 1441, e mais tarde a de seu único filho Piero, a Ca' d'Oro foi dividida entre as filhas deste último, provocando, séculos depois, uma longa série de mudanças na propriedade e consequentes alterações que mudaram a fisionomia, especialmente no interior, devido as diferentes necessidades de habitação por parte das herdeiras.

Somente no final do século XIX, por decisão de Trubetzkoi Alessandro, o proprietário na época, a Ca 'd'Oro foi submetida a uma restauração para a qual encarregou o arquiteto Giovan Battista Meduna. Meduna então modificou bastante o exterior e o interior do edifício.

Em 1894, todo o edifício foi comprado por 170 mil liras (uma soma significativa para a época) pelo Barão Giorgio Franchetti, que queria realizar uma restauração minuciosa do edifício, tentando trazê-lo o mais fiel possível a aparência do século XV.

Desde o início o seu objetivo não era fazer da Ca 'd'Oro sua casa, mas acomodar sua coleção de obras de arte para torná-lo aberta ao público. Em 1916 Franchetti entrou em um acordo com o Estado italiano com o qual se comprometeu a entregar o palácio ao final do trabalho em troca de apoio financeiro. Em 18 de janeiro 1927 foi inaugurado o museu intitulado "Galleria Giorgio Franchetti" em memória do Barão, que faleceu em 1922.

Ca' d'Oro
Ca' d'Oro visto do Canal Grande (foto: Jean-Pierre Dalbéra) e do interior, com os "pés" mergulhados na água. foto: HarshLight/Flickr.com

Arquitetura e arte do Ca' d'Oro

Na arquitetura, destaca-se a notável assimetria entre a parte esquerda, onde três faixas se sobrepoem perfuradas (pórtico no piso térreo e loggias nos andares superiores) e da ala direita, onde os armários prevalecentes coberto mármores preciosos com aberturas individuais isoladas.

Essa assimetria foi uma escolha devido ao lote estreito de terreno disponível. Na aparência tem vários pontos em comum com o Palazzo Ducale, como as formas de o túnel no primeiro andar ea coroa com ameias banda.

Internamente, o edifício tem uma planta em forma de C, construído em torno de um pátio aberto, no centro da qual é colocado uma escultura em mármore de Verona, construída por Giovanni e Bartolomeo Bon em 1427, representando as alegorias femininas da Justiça, Fortaleza e Caridade.

O pavimento do Ca' d'Oro e seus encantadores mosaicos

Se tiver oportunidade de visitar o local, reserve um tempo para apreciar os ricos detalhes entalhados no piso e nas paredes.

Os padrões geométricos que compõem a decoração são inspirados na pavimentação das igrejas de Veneza, como a Basílica de San Marco ou a Catedral de Santa Maria Assunta, em Torcello. Há também temas retirados do repertório decorativo bizantino.

Durante o trabalho realizado por Giorgio Franchetti foi feito o piso de mármore na varanda e no térreo, abrangendo uma área de 350 m².

Ca' d'Oro: mosaico
A escolha de mármore foi feita com antigos critérios romanos, importando de vários países mediterrâneos. foto: Jean-Pierre Dalbéra

O Ca' d'Oro nos dias de hoje

O Ca' d'Oro é por fim, uma atração importante de Veneza. Interessante não só por sua bela arquitetura, mas também pelos mosaicos e pelo rico acervo da Galleria Franchetti que durante quase um século vem acrescentando obras valiosas a sua coleção.

Artigos relacionados:
Gôndola
Vaporetto
Grande Canal

Compartilhe  



fotos - hospedagem - locais - contato

 



 

venezaitalia.com.br - © 2014 - Todos os direitos reservados